Transmutação de Vidas Passadas

Durante a terapia pode ser dado ao terapeuta acesso a algumas vidas passadas do paciente. No momento em que isso ocorre a equipa multidimensional de seres extra-físicos encontra-se a trabalhar em marcas profundas a nível energético que já não fazem mais sentido ser suportadas pela pessoa que veio à procura de ajuda, constituíndo-se como um entrave para a sua evolução. As marcas espirituais podem ter a sua origem em processos emocionais dolorosos vividos em dada encarnação, como pode passar por traumas físicos que ficaram registados na nossa matriz energética, como por exemplo, maus tratos, morte trágica acidental, um assassinato, torturas... As marcas podem também surgir na sequência dos nossos desvios da luz, numa altura em que seguíamos o caminho da separação do todo. O mesmo trabalho é feito em vidas futuras e paralelas. Após este trabalho, o paciente costuma sentir-se leve e que um peso inexplicável deixou de estar presente. O paciente não costuma ter consciência de todo o trabalho de regressão e transmutação, evitando desse modo reviver o trauma que se encontra ser curado.